O Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) manteve a suspensão de 90 dias dos delegatários Davidson Dias de Araújo e Valéria Cristina Antunes de Souza, do Cartório de Registro de Imóveis de Formosa do Rio Preto, no oeste baiano. Os dois ingressaram com um mandado de segurança contra o ato do corregedor das comarcas do Interior do TJ-BA, Osvaldo Bonfim, que determinou a suspensão de ambos. Davidson é investigado por cancelar 58 matrículas de terras, entre elas as que são objetos da Operação Faroeste.

Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks