Carta aberta a Bruno e Marrone: por amor a seus fãs, não se separem

Você que é fã, quer pagar tudo em dobro? E você que não é fã tem o direito de não ter que aguentar mais dois sertanejos soltos por aí. Você que é fã, quer pagar tudo em dobro? E você que não é fã tem o direito de não ter que aguentar mais dois sertanejos soltos por aí

Bem, o mesmo vale para as duplas sertanejas, que também é um tipo de coisa que tem quem goste. Por isso, é que chama a atenção – e preocupa – a notícia de que os parceiros Bruno e Marrone estão dando um tempo e fazendo lives separadamente. E sem um citar o outro em nenhum momento. Segundo minha colega Keila Jimenez eles tiveram umas desavenças, discutiram principalmente por causa das bebedeiras e comentários sem noção de Bruno durante as lives que fizeram nesse período de pandemia.

 

E agora é isso, né? Em vez de uma dupla sertaneja, agora temos dois sertanejos fazendo lives, daqui a pouco shows, gravando discos separadamente, indo a programas de TV e tocando no rádio. Bruno longe de Marrone. Marrone sem Bruno. Quer dizer, agora a gente tem muito mais chances de cruzar com um deles nas rádios, TVs e na internet. Não era muito melhor que continuassem juntos?

Fora isso, a separação é ruim para o bolso dos fãs deles. Que devem existir, afinal estão por aí há tanto tempo, né? Os admiradores dos dois moços terão de pagar tudo em dobro: shows, discos, quinquilharia e por aí vai.

Então, Bruno e Marrone, fica o apelo: não se separem! Fiquem firmes. Seus fãs merecem e os seus não-fãs também merecem essa folguinha.

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

Enable Notifications    Ok No thanks