Revista destaca “fraternidade” entre Augusto Aras e Jaques Wagner

A revista Veja desta semana destacou, em reportagem sobre Augusto Aras, procurador-Geral da República, sua proximidade com o senador baiano Jaques Wagner (PT). Na matéria, a revista pontua a divisão atual do Ministério Público Federal (MPF), com Aras disparando fogo contra a força-tarefa da Lava Jato. “Hábil na administração de relações, desde a utilitária com Jair Bolsonaro até a fraternidade de raiz petista com o senador e ex-governador de sua Bahia natal, Jaques Wagner, o procurador certamente notou que, em reação a suas ações, houve um recuo nas críticas à Lava-Jato”, diz a reportagem.

Vale lembrar que em entrevista ao Sputnik, Eugênio Aragão, advogado, ex-subprocurador-geral e ex-ministro da Justiça, falou sobre Aras no ano passado, afirmando que ele andava com Wagner “para cima e para baixo”.

“Quando nós estávamos no governo, ele andava com o então governador, depois ministro, Jaques Wagner para cima e para baixo, fazendo questão de dizer para todos nós que a posição dele era de esquerda, que o pai dele tinha sido militante preso na época da ditadura militar, que ele era uma pessoa realmente de convicções de esquerda”, disse Aragão.

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

Enable Notifications    Ok No thanks