Participantes do Programa Jovem Aprendiz Rural do Rosário têm primeira aula presencial

Da teoria para a prática – Participantes do Programa Jovem Aprendiz Rural do Rosário têm primeira aula presencial...

Depois de meses em modo de Ensino à Distância (EAD), os 78 alunos contemplados pelo programa Jovem Aprendiz Rural do Rosário, finalmente, puderam se encontrar, conhecer os professores e seus possíveis futuros empregadores. É que, no último dia 18 de agosto, foi realizada a primeira aula presencial do curso, uma parceria da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e do Sistema Faeb/Senar/Sindicatos, com o apoio de prefeitos e vereadores dos municípios de Correntina, na Bahia, e de Posse e Guarani, em Goiás. Esta aula ocorreu na sede da Abapa, no Rosário, distrito de Correntina. Nos próximos dias, estes rapazes e moças vão conhecer de perto a realidade do mundo do trabalho no campo, nas aulas práticas que acontecerão nas fazendas Xanxerê, Serrana/Cia Seeds e Marina.

Todas estas fazendas estão estrategicamente posicionadas na microrregião do Rosário. Antes, a distância dos municípios de Luís Eduardo Magalhães e Barreiras inviabilizava, para o produtor local, o cumprimento da Lei 10.097/2000. A lei determina que todas as empresas de médio e grande porte contratem um número de jovens aprendizes, equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15%, do seu quadro de funcionários. Esta iniciativa tem o envolvimento de 18 produtores de algodão.

No primeiro encontro presencial, a animação foi grande, e não só por parte de instrutores e jovens. “Os produtores estão ainda mais ansiosos, porque esperam ter acesso aos talentos que surgirão após terminada a formação”, explica o Assessor Regional do SENAR, Sunny Aaron.

Para o presidente da Abapa, Luiz Carlos Bergamschi, esta é uma iniciativa em que todos ganham. “Os jovens, os produtores e os municípios, uma vez que a capacitação profissional e a melhoria no índice de empregabilidade dessas pessoas proporcionam a fixação dos profissionais na zona rural e o consequente desenvolvimento socioeconômico destes municípios”, explica Bergamaschi. “Gostaria de agradecer a todos que se dedicaram a este projeto e aos prefeitos de Correntina, Posse e Guarani pela parceria confirmada, provendo o transporte dos nossos estudantes”, finalizou.

O curso Aprendizagem em Supervisão Agrícola tem duração de 10 meses e carga horária de 800 horas-aula, divididas em 400 teóricas e 400 práticas. O SENAR é o formador técnico profissional, o Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB) é o gestor, e a Abapa, a entidade parceira.

19.08.2021

Imprensa Abapa

Catarina Guedes- Assessora de Imprensa

(71) 98881-8064

Delmar Valansuelo

Delmar Valansuelo

Diretor da Mundial FM 91,3 mhz
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Relacionados

SIGA-NOS NAS MÍDIAS SOCIAIS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?

--:--
--:--
  • cover
    Mundial 91.3
Enable Notifications    OK No thanks