Afinal, como fazer um bom controle de pneus da frota?

O controle de pneus da frota costuma ser uma das grandes preocupações da maioria dos gestores de frotas no Brasil, e a Datamex escreveu este artigo para lhe ajudar no entendimento desse assunto de grande relevância.

O transporte rodoviário é vital para a economia do nosso país. O Brasil tem dimensões continentais e precisa melhorar a infraestrutura de suas estradas afim de dar condições de escoar a produção e dar vazão ao fluxo de mercadorias comercializadas. Dessa forma, existem vários desafios na rotina de trabalho de um gestor de frota.

Esse profissional precisa acompanhar as novidades do mercadoe adotar uma estratégia que reduz custos e mantém a qualidade do serviço.

O controle de pneus da frota é uma questão fundamental nessas horas. Em algumas situações, é bem comum que muitos profissionais não dediquem a devida importância para esta atividade e acabem não alcançando os resultados que desejam com a sua frota.

Associação Brasileira de Engenharia de Produção diz que 18,7% dos custos operacionais de uma transportadora estão relacionados ao consumo de pneus.

Por causa disso, você deve realizar um bom controle de pneus da frota. Este artigo vai ajudá-lo com algumas dicas sobre o assunto. Confira a seguir!

Faça o cadastro detalhado de cada pneu

O sucesso de uma empresa, entre outros fatores, está também associado a ter um bom sistema de informações com um banco de dados atualizado com todos os processos e informações relevantes relativas às suas operações e gestão. Quem não controla essas informações corre o risco de tomar decisões equivocadas e que não condizem com a realidade do negócio, e não poderia ser diferente com o controle de pneus da frota.

Para fazer um bom controle dos pneus da sua frota você deve ter um cadastro com todas as informações de cada pneu, como:

  • modelo;
  • dimensões;
  • desenho e marca;
  • motivo da retirada;
  • cadastro do chassi;
  • chassi base;
  • número de identificação.

Ao conhecer essas questões, você melhora a sua visão operacional e consegue identificar problemas com mais facilidade.

Realize o rodízio

Uma estimativa da Polícia Rodoviária Federal indica que cerca de 20% dos acidentes em rodovias acontecem pela ausência de pneus de qualidade nos veículos. Apesar da condição precária das nossas estradas, é fundamental que você realize um bom controle de pneus da frota.

O rodízio de pneus é uma prática recomendada pelos fabricantes e especialistas para manter o equilíbrio no desgaste, garantir o bom funcionamento dos componentes da suspensão e reduzir o consumo de combustível da frota.

Você pode, por exemplo, trocar os pneus traseiros com os dianteiros de acordo com a rota e a carga a ser transportada. Isso faz com que as bandas de rodagem fiquem mais parecidas, melhorando o desempenho do veículo.

Não se esqueça de analisar também as características de cada de pneu. Em muitos casos, pneus do eixo motriz sofrem mais desgastes que os outros.

Treine os motoristas

A atuação de um coordenador operacional ou de um gestor de frota é muito importante para melhorar os resultados de uma empresa de transporte e logística. Alem disso, ele precisa de uma equipe sólida e experiente para auxiliá-lo em sua rotina de trabalho. Dessa forma, é essencial que você realize treinamentos para atualizá-la com as novidades do mercado, transmitir o conhecimento, normas de segurança, melhores práticas e procedimentos da empresa.

Oriente e treine os motoristas, por exemplo, para evitar freadas bruscas, dirigir com cuidado e sempre dentro da velocidade permitida. Conhecer a legislação de trânsito também é outro ponto que melhora a performance e segurança de todos e otimiza o controle de pneus da frota.

Fique atento para utilizar uma linguagem adequada e que seja facilmente compreensível por todos. Esteja também sempre preparado para tirar dúvidas e escute o que os seus colegas têm a dizer sobre as suas decisões. Nessas horas, o diálogo é a melhor ferramenta para integrar a equipe, aumentar a satisfação dos clientes e agilizar as operações do seu dia a dia.

Faça recapagens

A recapagem de pneus é uma prática que nem sempre é viável. Entretanto, ela ajuda na redução dos gastos porque permite obter um melhor retorno sobre o investimento feito na compra de pneus novos. Por isso, realize-a com empresas e profissionais especializados e que possam garantir a qualidade dos serviços.

Não hesite em comprar novos pneus caso você tenha dúvidas sobre a segurança — uma economia mal feita nessas horas pode causar danos maiores no futuro.

Fique atento às manutenções

Quem trabalha no setor logístico já está acostumado com manutenções e reparos na frota, não é mesmo? Essas atividades garantem a segurança dos veículos e condutores e devem ser realizadas de acordo com a demanda do serviço.

O pneu do veículo precisa de cuidados específicos, como a calibragem, o alinhamento e o balanceamento. Entretanto, você deve ter muito cuidado ao realizar essas funções. Executá-las de maneira errada ou desrespeitar as exigências do fabricante pode aumentar o consumo do combustível e prejudicar o controle de pneus da frota.

Tenha em mente que fazer o alinhamento a cada 10 mil quilômetros rodados é uma prática que previne acidentes e aumenta a vida útil dos pneus, por exemplo. Fique atento também ao se deparar com as seguintes situações:

  • desgaste irregular dos pneus;
  • perda de tração nas rodas;
  • problemas na suspensão;
  • vibrações e barulhos estranhos durante o transporte.

Esses sinais indicam que há algo de errado e que você precisa verificar as condições dos veículos de sua frota.

Utilize um software para o controle de pneus da frota

Provavelmente, você está lendo este conteúdo em um celular ou um computador, não é mesmo? Pois então, as tecnologias mudaram a forma com que nos relacionamos com amigos, parentes e colegas de trabalho.

Hoje em dia, qualquer pessoa pode acessar um mundo de informações com a internet e outros sistemas tecnológicos. O ramo logístico também se beneficia disso e já adota diversas ferramentas.

Um software de gestão para logística é uma solução que melhora a sua tomada de decisão e permite o controle total de sua frota. Ele pode lidar com todo o fluxo documental e garante um bom controle financeiro do negócio. Dentre os softwares de gestão para logística, podemos destacar os Sistemas de Gestão de Frota, que geralmente trazem diversas funcionalidades importantes para o setor de frota, faça uma pesquisa de mercado e encontre um sistema que tenha no mínimo os seguintes recursos:

  • cadastro detalhado de pneus;
  • cadastro de veículos e equipamentos;
  • controle de rodízios, recapagens e reparos de pneus;
  • cadastro de planos de manutenção;
  • controle de lubrificações e manutenções;
  • histórico de manutenção e emprego de peças;
  • controle e registro de paradas;
  • geração de Ordens de Serviço para manutenção;
  • controle de abastecimentos;
  • controle do consumo de combustível;
  • relatórios de gestão;
  • integração com os módulos do software utilizados nos demais setores da empresa;
  • mobilidade e liberdade para acessar informações de qualquer lugar.

Existem, de fato, vários benefícios para quem adota um software de gestão logística, e eles não estão relacionados apenas ao controle de pneus da frota. Por isso, adote um sistema que esteja alinhado às suas necessidades e expectativas. Além do mais, lembre-se de se manter atualizado com as inovações do mercado e esteja preparado para adotá-las em seu negócio.

Quer aprender ainda mais sobre os assuntos mais importantes para a logística? Basta assinar a nossa newsletter e acompanhar os nossos lançamentos!

Marcio Brito

Marcio Brito

Assessoria | DaQui Agência Digital
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Relacionados

SIGA-NOS NAS MÍDIAS SOCIAIS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?

--:--
--:--
  • cover
    Mundial 91.3
Enable Notifications    OK No thanks