Agência Europeia de Medicamentos aprova uso emergencial da vacina da Moderna contra a Covid-19

Para que a vacina seja liberada para a aplicação, a Comissão Europeia ainda precisa aprová-la – o que deve acontecer ainda nesta quarta. Países da União Europeia começaram a imunizar suas populações em 27 de dezembro com a vacina da Pfizer/BioNTech.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) – órgão equivalente à Anvisa, no Brasil — aprovou nesta quarta-feira (6) o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 fabricada pela empresa Moderna. O imunizante, que deve ser o segundo aprovado na União Europeia, poderá ser aplicado em pessoas maiores de 18 anos.

Com a luz verde da EMA, o passo final antes do início da distribuição e aplicação das doses da vacina para os 27 países do bloco é uma autorização da Comissão Europeia – que deve sair ainda nesta quarta.

A vacina da Moderna foi aprovada com o imunizante da Pfizer/BioNTech já em uso emergencial na região.

Ambas as vacinas – Pfizer/BioNTech e Moderna – usam moléculas de mRNA (ácido ribonucléico mensageiro) para fazer com que as células humanas produzam imunidade ao “espinho” do coronavírus e, assim, evitar que ele consiga se fixar. 

As duas empresas usaram uma formulação ligeiramente diferente que resultou em requisitos diferentes de armazenamento refrigerado: -70°C para a Pfizer; -20°C para Moderna.

Uma diferença é que a Moderna solicitou a aprovação para maiores de 18 anos, enquanto a aprovação da Pfizer é para maiores de 16 anos.

Márcio Brito

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

SIGA-NOS NAS MÍDIAS SOCIAIS
PUBLICIDADE
Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks