Após manifestações, Wagner volta a falar que não vê possibilidade de golpe no Brasil

O senador pela Bahia Jaques Wagner (PT) analisou as manifestações antidemocráticas e pró-democracia deste fim de semana como movimentos motivados pelo governo federal. 

“Não tem jeito, não adianta consertar. O presidente só tem a nos oferecer uma briga a cada semana e a cada esquina. Jair Bolsonaro não enxerga um milímetro para o Brasil além da eleição presidencial de 2022”, disse Wagner sobre os movimentos, que contaram com o presidente da República em agrupamentos que pediram intervenção militar e no Supremo Tribunal Federal (STF) 

Apesar das manifestações, o senador reafirmou que não enxerga a possibilidade de um golpe militar no Brasil. Para Wagner, o Exército não estaria disposto a “entrar em uma aventura conduzida por um mau soldado que é o presidente da República” e respeita o resultado das urnas como “guardiões da Constituição”.

“As pessoas estão perplexas com o Brasil com a maluquice que está acontecendo no país. Hoje o Brasil é capa de revista de piada e de esculhambação. O presidente é errático e vive disso. Não tem projeto e não tem condição de debater qualquer tema com mais profundidade. É uma tristeza isso, mas foi ele quem ganhou a eleição de 2018”, completou o senador em entrevista ao Isso é Bahia, de A Tarde FM (103.9) e Bahia Notícias, desta segunda-feira (1°)

Márcio Brito

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks