Diretor do conturbado Batman & Robin
morre aos 80 anos

Em 2017, Joel Schumacher pediu desculpas ao público pela qualidade questionável do filme

Lembrado até hoje por sua direção no filme Batman & Robin, de 1997, que foi considerado uma das piores adaptações do Homem-Morcego nas telas dos cinemas, o diretor Joel Schumacher faleceu nesta segunda-feira (22). A notícia foi confirmada pela Variety, mas a causa da morte não foi divulgada.

Joel começou sua carreira como figurinista até começar a trabalhar com direção. 

Ele fez grande sucesso nos anos 80 e 90 com as produções O Primeiro Ano do Resto das Nossas Vidas, Os Garotos Perdidos, Linha Mortal e Um Dia de Fúria, estrelada por Michael Douglas

O cineasta assumiu a direção das histórias de Batman nas telonas depois que Tim Burton desistiu de dirigir um terceiro filme do herói. Antes de Batman & Robin, estrelado por George Clooney e Chris O’Connell, ele foi responsável por Batman Eternamente, com Val Kilmer no papel principal.

Schumacher também fez seu nome na TV ao dirigir dois episódios da primeira temporada da cultuada série House of Cards, da Netflix. Em 2017, em entrevista ao portal Vice, ele pediu desculpas por Batman & Robin, que praticamente arruinou a sua carreira. Até mesmo George Clooney reconheceu que sua atuação no longa foi um desastre.

– Olha, eu peço desculpas. Eu quero pedir desculpas para todos os fãs que eu desapontei pois acredito que devo isso a eles. Depois de Batman & Robin, eu virei lixo. Foi como se eu tivesse assassinado um bebê – declarou o diretor na época.

Márcio Brito

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

Leia também em cidades

Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks