MPF avança em investigação sobre compra de respiradores pelo Nordeste, diz revista

O Ministério Público Federal (MPF) está avançando nas investigações de um suposto esquema de corrupção na aquisição de respiradores pelo Consórcio Nordeste. Segundo a revista Veja, o MPF investiga se na compra de 300 respiradores junto à empresa Hempcare houve um pedido de propina disfarçado de doação de equipamentos para o município de Araraquara (SP). Segundo o MPF, a prefeitura de Araraquara, governada pelo petista Edinho Silva, teria sido beneficiada por 30 respiradores exigidos como “propina” pelo fechamento do negócio.

O secretário do Consórcio, o ex-ministro Carlos Gabas, teria participado da negociação. De acordo com o MPF, “o Consórcio Nordeste firmou contrato com a empresa Hempcare Pharma Representações LTDA para o fornecimento de 300 respiradores, mas, para viabilizar a negociação, teria exigido a doação de 30 respiradores ao município de Araraquara”.

Política ao Vivo já tinha adiantado sobre a abertura de inquérito no MPF para investigar se houve participação de agentes públicos de Araraquara na frande dos respiradores. A mesma compra é alvo de outro inquérito no órgão, com participação do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e Polícia Federal.

Márcio Brito

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

Leia também em cidades

Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks