Plano de imunização prevê vacinação contra Covid-19 em quatro fases

Após a aprovação do imunizante, primeiras doses serão aplicadas em profissionais de saúde, idosos com mais 75 anos, pessoas com 60 anos ou mais que moram em asilos e instituições psiquiátricas e população indígena

O Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde prevê que vacinação contra a Covid-19 ocorra em quatro fases. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira, 1º, em nota divulgada pela pasta. Quando o imunizante estiver disponível, as primeiras doses serão aplicadas nos chamados grupos de risco: profissionais de saúde, idosos com mais 75 anos, cidadãos com 60 anos ou mais que moram em asilos e instituições psiquiátricas e a população indígena.

“Na primeira fase, devem entrar trabalhadores da saúde, população idosa a partir dos 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e população indígena. Em um segundo momento, entram pessoas de 60 a 74 anos. A terceira fase prevê a imunização de pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença (como portadores de doenças renais crônicas e cardiovasculares). A quarta e última deve abranger professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade”, diz o Ministério da Saúde.

As informações constam de um plano preliminar apresentado nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde. Ao todo, as quatro fases da campanha somam 109,5 milhões de pessoas imunizadas, em duas doses. De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, ressalta que a estrutura final dependerá das vacinas disponibilizadas. “É importante destacar que o plano que está sendo discutido ainda é preliminar e sua validação final vai depender da disponibilidade, licenciamento dos imunizantes e situação epidemiológica de cada região”, disse. “Todas essas questões serão relevantes, inclusive, para definição final dos grupos prioritários, onde são levados em consideração os critérios de testes realizados por cada laboratório que disponibilizar vacinas”, acrescentou o secretário.

Márcio Brito

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

SIGA-NOS NAS MÍDIAS SOCIAIS
PUBLICIDADE

Relacionados

Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks