MINISTRO CELSO DE MELLO PODERÁ NÃO VOLTAR A ATIVIDADE NA CORTE ANTES DA APOSENTADORIA

O Ministro Celso de Mello, decano da corte, sai de licença médica mais uma vez em um pequeno espaço de tempo, se esse tratamento demandar tempo como o último período o magistrado não deve voltar na ativa e se aposentará em 1o de novembro de 2020 quando completa 75 anos, idade limite para aposentadoria compulsória dos membros da suprema corte. A licença para tratamento de saúde do ministro Celso de Mello, entregue nesta quarta-feira (19), deve interferir nos julgamentos que o STF (Supremo Tribunal Federal) deve realizar neste segundo semestre. Mello, que está prestes a completar 75 anos entregou pedido de licença médica. Não há, ainda, informações sobre o tratamento, tampouco a duração do afastamento.

A atuação do ministro deve causar desfalque nos julgamentos do STF já nesta quarta-feira. O plenário se reúne em sessão remota para julgar a ação que questiona a produção, por parte do Ministério da Justiça, de um dossiê sigiloso sobre funcionários identificados como integrantes do movimento “antifascista”.
A relatora do caso, ministra Cármen Lúcia, decidiu levar a ação ao plenário para uma decisão conjunta dos ministros, uma vez que a matéria é polêmica e pode causar um novo atrito com o Poder Executivo.

Márcio Brito

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks