Produtora desabafa: laticínios estão pedindo para secar as vacas

Nas redes sociais, a pecuarista de São João do Sul (SC), relatou a situação difícil diante do avanço do coronavírus e disse que há possibilidade do preço do leite ser reduzido R$ 0,30

05/04/2020 – 09:45 Por Francielle Bertolacini e Kenia Santos, de São Paulo (SP)

A produtora de leite Marileia Matos de Vargas, de São João do Sul (SC), fez um desabafo nas redes sociais. Em vídeo que circula no WhatsApp, ela relata que os pecuaristas leiteiros estão passando por sérias dificuldades geradas pela pandemia do coronavírus.

“Em março, recebemos R$ 1,33 pelo litro, valor referente ao produto captado em fevereiro. E agora, o boato que corre, é que o laticínio vão baixar o litro do leite em R$ 0,30, e isso fica inviável pra gente, porque todo o custo de produção subiu”, desabafa a produtora.

Altas nos insumos 

A produtora relata ainda que os gastos com os custos de produção também subiram com o avanço do Covid-19 no Brasil. ” Os últimos insumos que compramos em março pagamos o valor de R$ 72,50 e nas agropecuárias já estão estipulando preços entre R$ 90 a R$ 92, tanto para a saca do adubo quanto para a saca da ureia”, disse. “O preço da ração também subiu. Antes da doença se alastrar, a gente pagava cerca de R$ 49, hoje, o preço final está em torno de quase R$ 54”, afirmou a produtora.

Seca

Ela comenta que além dos problemas causados pelo coronavírus, outra dificuldade enfrentada é a seca na região. “O milho para silagem vai ter baixa qualidade e os produtos que comprado para tocar a propriedade, como insumos, estão subindo de preços”, desabafou

Márcio Brito

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks