STJ determina afastamento Witzel do cargo e ex-candidato a presidente da República é preso

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou na manhã desta sexta-feira (28) o afastamento imediato do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), de seu cargo. O vice, Cláudio Castro, deve assumir a função. O afastamento acontece por conta das investigações da Operação Placebo, deflagrada em maio desse ano, que apura irregularidades na área da saúde. As investigações começaram depois de uma delação do ex-secretário estadual de Saúde do Rio, Edmar Santos.

Segundo o inquérito, as irregularidades ocorreram na contratação da organização social Iabas, de maneira emergencial durante a pandemia do novo coranavírus. Ao todo, foram gastos R$ 835 milhões para a construção e administração de sete hospitais de campanha.

Também foi emitido um mandato de prisão para o ex-candidato a presidente da República em 2014, Pastor Everaldo foi preso, presidente do PSC. Também há mandado contra o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão.

 

Márcio Brito

Márcio Brito

Designer gráfico DaQui agência Digital e colaborador Mundial fm 91.3

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

Traduzir »
Falar com o Locutor!
Posso Ajudar?
Olá Somos da Mundial FM 91.3, Vamos Interagir?
Enable Notifications    OK No thanks